RIM acusa Kik Messenger de quebra de patente

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010 18:47 BRST
 

TORONTO (Reuters) - A Research In Motion (RIM), fabricante dos smartphones BlackBerry, entrou com um processo por violação de patente contra a Kik Messenger, um serviço de mensagens instantâneas que funciona em várias plataformas de software e que é concorrente do BlackBerry Messenger.

Em 12 de novembro, a Kik já foi retirada do evento App World, da RIM, devido a uma quebra de obrigações contratuais, segundo alegou a fabricante de smartphones.

O serviço da Kik, como o Messenger da RIM, permite que o usuário do smartphone saiba quando uma mensagem foi enviada, recebida, lida e que está sendo respondida.

O Kik Messenger diz ter atraído 2,5 milhões de usuários desde outubro, incluindo 1 milhão deles de smartphones BlackBerry.

O aplicativo também está disponível para download para o smartphones da Apple e aparelhos que operam o sistema Android, do Google.

(Por Alastair Sharp)