Presidente do conselho da Ericsson renunciará em 2011 ou 2012

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 08:44 BRST
 

ESTOCOLMO (Reuters) - A Ericsson anunciou nesta segunda-feira que o presidente do conselho da companhia, Michael Treschow, deixará o cargo em 2011 ou 2012 depois de quase uma década no controle da maior fabricante mundial de equipamentos para telecomunicações móveis.

A Ericsson afirmou em nota que Treschow, que assumiu a presidência do conselho em 2002 e possui a mesma posição na Unilever, informou a companhia sobre sua decisão.

"Há um futuro animador à frente da Ericsson, mas levando em conta sua forte posição de mercado e financeira, este é o momento certo de entregar o cargo a um sucessor após nove anos nesta posição", disse o executivo em comunicado.

Neste período, Treschow participou da indicação de dois presidentes-executivos e conduziu uma emissão de 4,3 bilhões de dólares.

A companhia informou que seu comitê de nomeação, formado pelos principais acionistas, vai indicar um novo presidente para o conselho na reunião geral anual de 2011 ou 2012, dependendo do ano em que Treschow decidir deixar o posto.