Google entra no mercado de ebooks contra Amazon e Apple

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 16:07 BRST
 

Por Alexei Oreskovic

SAN FRANCISCO (Reuters) - O Google começou a vender livros digitais nesta segunda-feira, intensificando concorrência com a Amazon.com e a Apple e marcando estratégia significativa do site de buscas de ampliar seus negócios de comércio online.

A nova livraria digital Google eBooks conta com 3 milhões de títulos, que variam desde best-sellers recém-lançados a obras mais antigas sobre as quais não se aplicam mais direitos autorais, disponíveis gratuitamente. Consumidores poderão armazenar seus livros em uma biblioteca online pessoal administrada pelo Google e lê-los em qualquer aparelho.

"Sua biblioteca inteira estará disponível a qualquer momento; em qualquer aparelho, seus livros estarão lá", disse o diretor de engenharia da equipe Google Books, James Crawford, em entrevista à Reuters antes do anúncio nesta segunda-feira.

O mercado de livros eletrônicos é atualmente dominado pela Amazon, que ajudou a criar um mercado com o lançamento do leitor digital Kindle, em 2007. O site varejista detém cerca de dois terços do mercado nos Estados Unidos, segundo pesquisa da Forrester Research. No começo deste ano, a Apple entrou no mercado de livros digitais, vendendo versões eletrônicas de obras para serem lidas em seu tablet, o iPad.