LG Display, Chi Mei e outras devem ser multadas na Europa--fonte

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 19:11 BRST
 

Por Foo Yun Chee

BRUXELAS (Reuters) - Reguladores da União Europeia estão prontos para multar a LG Display, a Chi Mei Optoelectronics Corp e outras três empresas em até 700 milhões de euros (928 milhões de dólares) no total por fixar preços de telas usadas em aparelhos eletrônicos, disse uma fonte próxima ao caso na segunda-feira.

A Comissão Europeia acusou as companhias em julho do ano passado por infração de leis da UE por práticas restritivas de negócios, enquanto outros reguladores ao redor do mundo também investigavam o setor.

"O total da multa será entre 600 milhões e 700 milhões de euros", disse a fonte à Reuters.

A maior multa deverá ser aplicada à Chi Mei, de Taiwan, disse a fonte, que falou sob condição de anonimato.

No ano passado, a Chi Mei pagou 220 milhões de dólares depois de ser considerada culpada nos EUA em fixar preços no mercado.

A expectativa é que a Comissão Europeia anuncie sua decisão na quarta-feira, segundo relataram fontes à Reuters anteriormente. A Comissão pode multar cada companhia pelo valor equivalente a 10 por cento de sua venda global anual pela infração de leis da UE.