ENTREVISTA-Presidente da Dell fala de expansão para além de PCs

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 18:47 BRST
 

Por Gabriel Madway

ROUND ROCK, Texas (Reuters) - A Dell merece ser reconhecida por sua transformação gradual mas contínua de sua origem como fabricante de computadores para uma empresa de tecnologia, algo que deve levar tempo, disse o presidente-executivo da companhia.

Quase quatro anos após ser conduzido ao comando pela segunda vez como presidente da companhia que fundou, Michael Dell afirmou que a empresa está se diversificando e pretende se tornar uma liderança tanto no mercado de equipamentos de centro de dados como no crescente mercado de dispositivos móveis.

"Há cinco ou dez anos, as pessoas diziam que a Dell era uma fabricante de PCs. Bem, novidade --a maior parte de nossa margem e nossos lucros não vem de PCs. Acho que as pessoas ainda não perceberam isso", disse o empresário em rara entrevista exclusiva nesta quinta-feira.

"As margens estão caminhando na direção certa, a proporção dos negócios está mudando de forma significativa, está começando a ficar mais claro o que a Dell está virando."

"A Dell tem um enorme canal pelo qual pode vender a clientes, e é aí que está o potencial de crescimento", disse Michael, que fundou a companhia nos anos 1980 quando ainda era estudante. Ele renunciou como presidente em 2004, mas voltou ao cargo no começo de 2007 para tentar reavivar a Dell, que havia se tornado muito dependente das vendas de PC.