Sony deve vender 15 milhões de PS3 em 2010/11

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 11:02 BRST
 

TÓQUIO, 22 de dezembro (Reuters) - A Sony está a caminho de cumprir meta de venda de 15 milhões de PlayStation 3 no ano fiscal que se encerra em 31 de março de 2011, anunciou um executivo da empresa nesta quarta-feira.

"As vendas no final do ano vêm sendo as esperadas", disse o vice-presidente executivo, Kazuo Hirai, responsável pela divisão de jogos da empresa, a jornalistas, durante uma mesa redonda em Tóquio.

A Sony aposta que o novo sistema Move de controle de videogames por sensores de movimentos ajude a elevar as vendas do PS3 de 13 milhões de unidades no ano fiscal passado a 15 milhões de unidades no ano em curso.

Tanto Sony, quanto a rival Microsoft, que lançou um sistema de controle de videogames por sensores de movimento, o Kinect, estão tentando derrubar a Nintendo da primeira posição no mercado de videogames.

A Sony anunciou em 30 de novembro que havia vendido 4,1 milhões de unidades do Move ao varejo de todo o mundo, nos dois meses desde o lançamento.

Isso coloca a companhia em posição semelhante à da Microsoft, que no final de novembro anunciou ter vendido mais de 2,5 milhões de unidades do Kinect, em todo o mundo, em apenas 25 dias do lançamento. A meta anual da empresa é de 5 milhões de unidades vendidas.

Os comentários de Hirai surgiram depois que um colega executivo da Sony informou que as vendas de televisores LCD da empresa ficariam ligeiramente abaixo dos 60 por cento de alta em termos de volume planejado para este ano fiscal.

Hirai também disse que a Sony estava considerando produzir computadores que utilizarão o sistema operacional Chrome, do Google.

A Sony anunciou separadamente, na quarta-feira, que expandiria seu serviço de vídeo sob demanda para a venda de conteúdo musical, na mais recente tentativa da empresa de competir com o iTunes, da Apple. Os planos são de lançar o serviço imediatamente no Reino Unido e Irlanda, e em 2011 na Austrália, Espanha, França, Itália e Nova Zelândia.