Red Hat surpreende mercado com perspectiva melhor que a esperada

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010 13:25 BRST
 

Por Jim Finkle

BOSTON, Estados Unidos (Reuters) - A produtora de software para empresas Red Hat divulgou uma perspectiva de lucro e receita acima das projeções de Wall Street, ecoando otimismo sobre o clima para o investimento em tecnologia mostrado por companhias maiores do setor na semana passada.

O presidente-executivo da Red Hat, Jim Whitehurst, informou que a demanda de mercado pelos produtos de sua empresa está "forte". A companhia é a maior distribuidora mundial do sistema operacional Linux.

A expectativa da Red Hat é divulgar lucro antes de eventos não recorrentes de 0,21 a 0,22 dólar por ação no quarto trimestre que se encerra em 28 de fevereiro. Analistas, em média, esperam ganho de 20 centavos, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Red Hat também projetou receita para o período de entre 234 milhões e 236 milhões de dólares, acima da estimativa do mercado de 228 milhões.

Whitehurst afirmou que o otimismo da companhia é motivado por fortes vendas durante o terceiro trimestre, que serão reconhecidas ao longo do próximo ano.

A Red Hat vende assinaturas para atualizações, correções e suporte técnico para seus produtos, incluindo o Linux. As receitas geradas por novas assinaturas cresceram cerca de 20 por cento no terceiro trimestre, o ritmo mais rápido desde o início da recessão, disse o executivo.

"É bom ver a retomada da aceleração dos negócios", comentou.

O lucro do terceiro trimestre, encerrado em 28 de novembro, somou 26 milhões de dólares, ou 0,13 dólar por ação. Um ano antes, o lucro havia sido de 16,4 milhões de dólares ou 8 centavos por ação.

A receita trimestral cresceu 21 por cento na comparação anual, para 236 milhões de dólares, superando a previsão média do mercado de 227 milhões de dólares.

Na semana passada, Oracle, Accenture e Research in Motion divulgaram resultados melhores que o esperado, criando expectativas para uma recuperação do investimento das empresas em tecnologia.