Hon Hai investirá US$2 bi em divisão de LCD da Hitachi--jornal

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 11:32 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A taiuanesa Hon Hai Precision Industry irá adquirir uma participação majoritária na divisão de displays da Hitachi por cerca de 1,2 bilhão de dólares, se tornando a maior fabricante mundial de telas de cristal líquido (LCD) pequenas e médias, informou o jornal Nikkei nesta segunda-feira.

A joint-venture, Hitachi Displays, destinará os recursos à construção de uma fábrica no Japão para fornecer componentes à Hon Hai, uma das principais responsáveis pela produção do iPhone e do iPad, da Apple, de acordo com o jornal.

Combinado à recente aquisição da fabricante taiuanesa de painéis LCD Chimei Innolux, o negócio fará da Hon Hai, controlada pela gigante Foxconn, a maior fabricante mundial de telas LCD de pequeno porte, com participação de mercado de 17,3 por cento, superando a Sharp, conforme números de 2009.

A Sharp, no entanto, também está considerando expandir sua capacidade de telas LCD de pequeno porte, segundo fontes afirmaram à Reuters este mês. Enquanto isso, funcionários do governo japonês informaram na semana passada que a Toshiba investirá 100 bilhões de ienes na construção de uma nova fábrica de LCD que, de acordo com a mídia, fornecerá componentes à Apple.

Ikuo Matsuhashi, analista do Goldman Sachs, considerou positivo o movimento da Hon Hai, como sinal de que a Hitachi está levando adiante os esforços para enxugar suas vastas operações, depois que a Canon, detentora de 25 por cento de participação na Hitachi Displays, anunciou em setembro que havia abandonado o plano de tomar o controle da unidade.

"Vemos o anúncio como prova do compromisso continuado quanto à reestruturação da empresa e o abandono dos negócios não essenciais", afirmou Matsuhashi em nota a clientes.

O Nikkei informou que a participação da Hitachi na divisão cairá para cerca de 30 por cento, ante os atuais 75,1 por cento, e acrescentou que a nova fábrica, que deve começar a operar em 2012, mais que dobrará a capacidade de produção da Hitachi Displays.

A Hitachi afirmou que nenhuma decisão foi tomada até o momento.

"A Hitachi está constantemente considerando medidas para fortalecer suas operações, mas não comentará planos isolados em análise", afirmou o porta-voz da companhia Atsushi Konno.