Problema no iPhone deixa usuário dormindo até mais tarde

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 08:53 BRST
 

HONG KONG/HELSINQUE (Reuters) - Alguns usuários do iPhone na Ásia reclamaram que o aplicativo despertador de seus aparelhos não funcionou no primeiro dia útil de 2011, mesmo depois da Apple ter garantido que o programa funcionaria a partir desta segunda-feira.

Reclamações em blogs e páginas do Facebook e Twitter foram desde voos perdidos a chegadas atrasadas ao trabalho depois que o aplicativo do aparelho não funcionou pelo terceiro dia seguido para alguns usuários.

"O despertador do meu iPhone não funcionou de novo", afirmou uma usuária no Twitter. "Hora de usar o velho despertador."

Mensagens similares foram publicadas por usuários na Inglaterra, Holanda e outros países europeus.

O problema não ficou limitado ao iPhone, já que alguns usuários de outros aparelhos da Apple, como iPod, também reclamaram de problema semelhante no aplicativo de alarme.

"A Apple certamente tem que resolver isso assim que possível, mas eu duvido que isso resulte em impacto nas vendas ou reflita negativamente sobre a própria Apple", disse a analista Carolina Milanesi, da Gartner.

Representantes da Apple não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto, mas a empresa afirmou em 2 de janeiro que estava ciente do problema e que a função estaria funcionando normalmente em 3 de janeiro.

A última vez que a Apple teve problemas com o iPhone foi em julho do ano passado, no episódio que ficou conhecido como "antenagate" em que usuários do iPhone 4, recém-lançado, reclamaram de recepção ruim de sinal celular, forçando a companhia a conceder entrevista à imprensa para falar sobre o assunto.

A Apple vendeu mais de 14 milhões de iPhones, segundo relatório do trimestre fiscal encerrado em 25 de setembro. A companhia é a segunda maior marca de celular inteligente, atrás da líder global, Nokia.

(Por Kelvin Soh e Tarmo Virki)