Lucro da Samsung deve recuar no 4o tri, mercado vê recuperação

terça-feira, 4 de janeiro de 2011 11:33 BRST
 

Por Hyunjoo Jin

SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics, maior fabricante mundial de chips de memória e televisores de tela plana, deve registrar o menor lucro em seis trimestres, para o período de outubro a dezembro, devido à queda nos preços dos processadores mais vendidos. A companhia, no entanto, prevê uma recuperação ainda em 2011.

As empresas mundiais de tecnologia vêm enfrentando queda na demanda, em meio à fraca recuperação econômica que afeta as vendas de computadores e televisores após um ano de crescimento forte nos mercados de chips e telas planas.

Analistas afirmam que os preços de semicondutores, que caíram mais de 60 por cento ante o pico atingido em maio, estão a caminho de nova queda, ainda que as vendas crescentes de smartphones, tablets e chips utilizados nesses produtos devam atenuar o efeito.

Mas a Samsung, segunda maior fabricante mundial de celulares, deve ser menos afetada do que suas rivais, graças à sua estrutura de baixo custo e portofólio diversificado.

A Samsung é a primeira grande empresa de tecnologia a divulgar projeções de resultados trimestrais. A previsão é de que a empresa tenha lucro de 3,4 trilhões de wons (3 bilhões de dólares) no quarto trimestre de 2010, exatamente em linha com os 3,44 trilhões de wons apurados no mesmo período do ano anterior, segundo 28 analistas consultados pela Thomson Reuters I/B/E/S.

O resultado significaria uma queda de 30 por cento ante o trimestre anterior e seria o mais baixo desde o segundo trimestre de 2009, além de representar a segunda queda de lucro consecutiva para a empresa, depois do pico de 5 trilhões de wons atingido no segundo trimestre de 2010.

A Samsung deve registrar vendas de 41,2 trilhões de wons, ante 39,2 trilhões de wons um ano antes.

Embora o lucro da companhia deva se manter baixo ainda no primeiro trimestre deste ano, a empresa deve iniciar uma trajetória de recuperação apoiada em smartphones, tablets e chips utilizados nesses aparelhos, conforme analistas.