LinkedIn planeja abrir capital em 2011, dizem fontes

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011 09:25 BRST
 

Por Nadia Damouni

NOVA YORK, 6 de janeiro (Reuters) - A LinkedIn, rede social voltada a profissionais, planeja abrir capital em 2011 e selecionou instituições financeiras para o processo, afirmaram à Reuters três fontes próximas do assunto.

Morgan Stanley, Bank of America e JPMorgan estão entre as instituições que participam da organização da venda de ações, afirmaram as fontes.

"Um IPO (oferta pública inicial de ações) é apenas uma de muitas estratégias que consideramos", disse um porta-voz do LinkedIn na quarta-feira, evitando comentar mais o assunto.

Companhias de Internet como LinkedIn e Zynga, produtora de jogos para redes sociais, estão considerando ofertas de ações bem antes de um potencial IPO do Facebook, disse uma das fontes. "Se o Facebook for a público antes do LinkedIn, você acha que alguém vai prestar atenção para o LinkedIn? O interesse é superar a fera."

Representantes da Zynga não puderam ser contatados imediatamente para comentar o assunto.

O Facebook não deve abrir seu capital em uma oferta pública até o final de 2012, afirmou Peter Thiel, membro do conselho da rede social, à Reuters, em setembro.

Mas esse cenário pode mudar. Autoridades estão avaliando um investimento de 500 milhões de dólares e um compromisso de levantar pelo menos mais 1 bilhão de dólares para o Facebook esta semana por meio do Goldman Sachs e da Digital Sky Technologies, disse uma das fontes.

A Securities and Exchange Commission está avaliando se o número de acionistas do Facebook excedeu o limite de 499 exigido para que uma empresa se mantenha privada. Se a SEC decidir que o Facebook ultrapassou o limite, poderá acelerar o cronograma para uma oferta pública de ações do site.   Continuação...