Mudanças na Microsoft continuam; chefe de servidores sai

terça-feira, 11 de janeiro de 2011 10:23 BRST
 

Por Bill Rigby

SEATTLE (Reuters) - O presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, afastou o comandante da divisão de servidores da empresa, na mais recente das demissões de executivos de primeiro nível empreendidas pela produtora de software em um esforço para retomar a liderança do setor de tecnologia.

Bob Muglia, que estava na companhia há 23 anos, manterá o posto até a metade do ano a fim de ajudar seu sucessor, ainda não selecionado, a tomar as rédeas da divisão de servidores e ferramentas da Microsoft, que fatura 15 bilhões de dólares anuais. A divisão, a terceira maior da companhia, vende software de banco de dados e servidores a clientes empresariais.

Um memorando interno de Ballmer indica que Muglia foi afastado devido a um desacordo sobre estratégia.

"Bob Muglia e eu temos conversado sobre o negócio em geral e sobre o que é necessário para acelerar nosso crescimento", escreveu Ballmer no memorando, que foi divulgado pela empresa. "Nesse contexto, decidi que agora é a hora de indicar uma nova liderança para a divisão de servidores."

O sucessor ainda não foi indicado. Ballmer afirmou que consideraria candidatos de dentro e de fora da companhia.

"Ao parece ele foi convidado a se retirar", disse Sid Parakh, analista da McAdams Wright Ragen. "Aparentemente houve um desacordo quanto a estratégia."

Muglia, um veterano respeitado da Microsoft, bem pode ressurgir em outra empresa.

"Acreditamos que o nome de Muglia venha a fazer parte da lista para muitos postos de primeiro escalão de empresas de tecnologia", disse Jason Maynard, analista do Wells Fargo.   Continuação...