News Corp avalia venda ou divisão do MySpace

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011 11:49 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - A News Corp está analisando opções estratégicas para o site de redes sociais MySpace, o que pode incluir a venda ou a divisão de suas operações, informou a companhia no final da quarta-feira, um dia após a empresa ter reduzido quase pela metade seu quadro de funcionários.

A News Corp, que pagou 580 milhões de dólares pelo MySpace em 2005, acredita que uma separação seja o caminho mais adequado a ser adotado, segundo uma fonte próxima ao assunto afirmou à Reuters.

Essa opção poderia garantir a entrada de representantes do mercado de capitais ou de empresas de investimentos no MySpace, alterando sua atual estrutura de controle, disse a fonte.

A companhia lançou uma nova versão do site em outubro voltada para música, filmes e entretenimento para usuários na faixa de até 35 anos.

Em reunião na quarta-feira, o presidente-executivo do MySpace, Mike Jones, anunciou que a empresa controladora estava analisando opções estratégicas para o site, confirmou a porta-voz da News Corp Julie Henderson.

"Estamos vendo uma série de opções estratégicas para o negócio, incluindo venda, fusão ou divisão", disse Henderson.

O MySpace, que já foi a maior rede social na Internet, foi ofuscado nos últimos anos pelo Facebook, que possui atualmente mais de 500 milhões de usuários e foi avaliado em 50 bilhões de dólares.

Na terça-feira, o MySpace anunciou um corte de 47 por cento do seu quadro de funcionários, equivalente a 500 pessoas.