IBM se prepara para duelo entre homem e máquina em Jeopardy!

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011 10:56 BRST
 

Por Ritsuko Ando

YORKTOWN HEIGHTS, Estados Unidos (Reuters) - Um computador da IBM venceu uma rodada de teste no popular programa de conhecimentos gerais Jeopardy!, diante de dois dos melhores participantes humanos da disputa, o que demonstra que a inteligência artificial avançou muito em sua capacidade de simular como os seres humanos pensam.

"Criamos um sistema de computação com a capacidade de compreender a linguagem humana natural, algo que é muito difícil para um computador", disse John Kelly, diretor da IBM Research.

"No campo da inteligência artificial, as pessoas passam suas vidas tentando conquistar avanços de alguns centímetros. O que o Watson faz e já provou é desenvolver uma capacidade de avançar o estudo da inteligência artificial na escala dos quilômetro", afirmou.

O computador, chamado de Watson em homenagem a Thomas Watson, lendário presidente da IBM, serve como demonstração da competência da empresa na computação e nas pesquisas científicas avançadas.

Também demonstra que a IBM, que chega aos 100 anos em 2011, deseja se manter na vanguarda da tecnologia, ainda que companhias como Google e Apple se tenham tornado as líderes do setor em termos de popularidade.

A IBM diz que a capacidade de compreender a linguagem humana faz do Watson uma máquina muito mais desenvolvida que o Deep Blue, o supercomputador da empresa que derrotou o campeão mundial de xadrez Garry Kasparov em uma série de partidas em 1997.

O maior desafio para os cientistas da IBM foi o de ensinar o Watson a distinguir entre expressões literais e metafóricas, e a compreender trocadilhos e gírias.

Alimentá-lo com conhecimento é fácil. O Watson não está conectado à Internet, mas dispõe de um banco de dados que cobre ampla gama de tópicos, entre os quais história e entretenimento.   Continuação...