Groupon e Pandora avaliam ofertas de ações, dizem fontes

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011 14:09 BRST
 

Por Clare Baldwin

NOVA YORK (Reuters) - O site de compras coletivas Groupon e a companhia de rádio pela Internet Pandora estão trabalhando para fazerem ofertas públicas iniciais de ações (IPO), disseram fontes próximas do assunto à Reuters.

O Groupon está se reunindo com bancos para explorar perspectivas para uma oferta de ações "de tamanho considerável" depois da recente oferta do Google para comprar a empresa por 6 bilhões de dólares, afirmou uma fonte.

O IPO da companhia poderá ficar na faixa entre 1 bilhão e 1,5 bilhão de dólares, segundo a CNBC. Se a operação for adiante, vai ficar entre os maiores IPOs do setor de tecnologia nos Estados Unidos na última década, segundo dados da Thomson Reuters.

Também pode indicar um sinal de que companhias de tecnologia estão ansiosas para aproveitar os valores de mercado maiores, disparados depois do investimento de 450 milhões de dólares no Facebook feito pelo Goldman Sachs e pela companhia russa Digital Sky Technologies, que avaliou o site de redes sociais em 50 bilhões de dólares.

A Pandora se reuniu com bancos na terça-feira para avaliar um possível IPO de 100 milhões de dólares e pode indicar as instituições que vão liderar a oferta ainda nesta sexta-feira, afirmou uma fonte.

Representantes do Groupon não estavam imediatamente disponíveis para comentar e a Pandora não falou sobre o assunto.

A rede social para profissionais LinkedIn planeja fazer uma oferta pública inicial de ações este ano, disseram fontes. O Twitter e a produtora de jogos para redes sociais Zynga também são considerados como candidatos a IPOs.

O Groupon tem agressivamente levantado capital. Em dezembro, a empresa vendeu uma participação de 500 milhões de dólares e, na segunda-feira, completou uma rodada de financiamento de 950 milhões de dólares.