Lucro da Apple cresce favorecido por vendas de fim de ano

terça-feira, 18 de janeiro de 2011 20:08 BRST
 

Por Gabriel Madway

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Apple reportou uma receita trimestral melhor que a esperada, impulsionada pelas vendas do iPhone e do iPad no final de ano, o que pode ajudar a aliviar preocupações de investidores com a decisão do presidente-executivo da empresa, Steve Jobs, de tirar licença médica.

A Apple divulgou nesta terça-feira um lucro líquido para o seu primeiro trimestre fiscal, encerrado em 25 de dezembro, de 6 bilhões de dólares, ou 6,43 dólares por ação, alta de 78 por cento ante o lucro de um ano antes, que ficou em 3,4 bilhões de dólares, ou 3,67 dólares por ação.

A receita saltou 71 por cento, para 26,7 bilhões de dólares, bem acima das expectativas de Wall Street, que previa 24,4 bilhões de dólares.

A Apple, conhecida por suas previsões conservadoras, ofereceu uma perspectiva que veio acima das projeções de analistas. A empresa espera que o lucro para o trimestre que se encerra em março fique em 4,90 dólares por ação, com receita de 22 bilhões de dólares.

(Reportagem de Gabriel Madway)