Japonês bate recorde mundial de cálculo do pi

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 09:34 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - Um executivo japonês, com um computador construído em casa, levou o cálculo do conceito matemático do "pi" aos trilhões de dígitos, e estabeleceu um novo recorde mundial.

Shigeru Kondo, engenheiro de sistemas de 50 anos de uma companhia de alimentos em Nagano, no centro do Japão, em agosto calculou o pi -a razão entre a circunferência de um círculo e seu diâmetro- com uma precisão de cinco trilhões de dígitos, o que representa precisão quase duas vezes superior à do recorde mundial anterior.

Na semana passada, a Guinness World Records reconheceu o recorde por meio de um certificado enviado a Kondo, o qual disse ter começado os cálculos simplesmente como hobby.

"Eu gostaria realmente é de elogiar meu computador, que calculou continuamente por três meses, sem se queixar," disse Kong ao jornal Chunichi Shimbun.

Ele divide a honraria com Alexander Yee, um estudante norte-americano de ciência da computação que programou o software utilizado, e se comunicava com Kondo via e-mail.

Usando peças adquiridas em lojas locais e via Internet, Kondo montou um computador de mesa equipado com dois processadores avançados Intel e 20 discos rígidos externos.

Depois de 90 dias de processamento ininterrupto, Kondo obteve uma sequência de cinco trilhões de números para o valor do pi. Ele verificou os resultados utilizando métodos diferentes, um processo que requereu 64 horas.

O recorde anterior, estabelecido por um consultor francês de software em janeiro de 2010, era de cerca de 2,7 trilhões de dígitos.

Calcular com precisão o pi, que os matemáticos acreditam constituir uma dízima periódica, é um desafio para os estudiosos há milhares de anos, desde que o parâmetro começou a ser usado, no Antigo Egito.

Agora Kondo está tentando calcular o pi com precisão de 10 trilhões de dígitos.

"Se tudo correr bem, devo atingir esse ponto em julho. É algo que realmente desejo," disse.