Corretoras elevam preço-alvo para ações do Google

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 12:26 BRST
 

(Reuters) - O Credit Suisse e o BofA Merrill Lynch aumentaram suas estimativas de preço-alvo para as ações do Google para 750 dólares, um dia depois que a companhia divulgou resultados bem acima do esperado pelo mercado. A expectativa é que a ação da empresa ainda possa registrar uma valorização de 20 por cento em relação ao nível atual.

Na quinta-feira, o Google divulgou um salto de 29 por cento no lucro líquido e na receita líquida do quarto trimestre. A empresa também nomeou o co-fundador Larry Page como novo presidente-executivo, em uma decisão surpreendente em um momento em que a competição esquenta com novos rivais como o Facebook.

"É importante notar que apesar dos cargos terem mudado, a equipe central continua a mesma... A nova estrutura da equipe faz todo o sentido e pode resultar numa tomada mais rápida de decisões", disseram analistas do JPMorgan em relatório. O JPMorgan aumentou seu valor justo para a ação do Google de 625 para 706 dólares.

Diversas corretoras aumentaram seus preços-alvos para as ações do Google após a divulgação do balanço trimestral.

(Por Sayantani Ghosh e Mary Meyase em Bangalore)