Schmidt diz que espera passar mais 10 anos no Google

terça-feira, 25 de janeiro de 2011 13:23 BRST
 

MUNIQUE, Alemanha (Reuters) - O futuro ex-presidente-executivo do Google Eric Schmidt afirmou nesta terça-feira que espera passar mais 10 anos na companhia. Na semana passada, ele passou o comando executivo da empresa para o co-fundador do Google Larry Page.

Schmidt, que comandou o Google durante o acelerado crescimento da empresa, também afirmou que o grupo vai contratar milhares de pessoas este ano em resposta às acusações de que a empresa tem enfrentado dificuldades para reter talentos.

"Estou muito entusiasmado sobre minha próxima década no Google", afirmou o executivo durante uma conferência em Munique.

A partir de abril, Schmidt vai se focar em negócios e relações governamentais quando assumir a posição de presidente do Conselho do Google. Ele afirmou à Reuters em 21 de janeiro, que sua saída foi decidida para acelerar o processo de tomada de decisão da companhia.

O executivo deve receber 100 milhões de dólares em bonificação, o primeiro prêmio desde que ele ingressou no Google em 2011. O bônus inclui ações e opções de ações.

Na semana passada, o Google divulgou resultado que superou em muito as expectativas do mercado.

Mas apesar da empresa ter dominado as buscas na Web, ela tem enfrentado dificuldades na área de redes sociais e passado por dura concorrência diante de novas empresas como Facebook e Twitter, que estão roubando tráfego de usuários e talentos de engenharia da empresa.

"Nossa retenção (de profissionais) tem sido a mesma e ela tem sido exatamente a mesma por sete anos", disse Schmidt. "Vamos contratar muitos milhares de funcionários este ano."

Ele afirmou que em sua nova posição, poderá passar mais tempo lidando com assuntos governamentais e com a imagem pública do Google, entre outras questões.   Continuação...