Lucro da Lexmark supera previsões no 4o trimestre

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011 13:51 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Os resultados da Lexmark no quarto trimestre de 2010 superaram as expectativas de Wall Street, beneficiados pelas fortes vendas de impressoras a laser, fazendo com que as ações da companhia subissem mais de 6,5 por cento nesta terça-feira.

As vendas de impressoras da Lexmark cresceram 11 por cento, um setor que tem mostrado constante declínio nos últimos anos, com clientes migrando para conteúdos digitais, o que indica que a empresa pode estar ganhando participação de mercado de rivais como Xerox, Canon e Hewlett-Packard.

Excluindo-se 0,19 por ação para reestruturação e ajustes relacionados a aquisições, o lucro por ação da companhia foi de 1,29 dólar. O valor superou as estimativas médias de analistas, de 1,12 dólar por ação, segundo a Thomson-Reuters I/B/E/S.

"Cada parte do negócio está indo razoavelmente bem", disse Henry W. Schacht, da Schacht Value Investors, que administra fundos que controlam ações da Lexmark.

Schacht afirmou ter sido impressionado pela companhia, que possui valor de mercado de 2,74 bilhões de dólares, gerando mais de 500 milhões de dólares em caixa no ano passado.

A companhia reportou lucro trimestral de 87,6 milhões de dólares, ou 1,10 dólar por ação, contra 59,8 milhões, ou 0,76 dólar por ação no mesmo período do ano passado.

A receita da Lexmark subiu cerca de 3 por cento, para 1,1 bilhão de dólares, ante 1,07 bilhão de dólares no quarto trimestre de 2009. O resultado ficou próximo das estimativas médias de analistas, de 1,104 bilhão de dólares no período.

A empresa espera que os ganhos no primeiro trimestre de 2011 fiquem entre 1,18 e 1,28 dólar por ação, excluindo itens de reestruturação e custos com aquisição, comparado com a previsão de analistas de 0,96 a 1,26 dólar por ação.

A Lexmark espera que a receita cresça 1 por cento no primeiro trimestre, em linha com as estimativas de Wall Street.

(Por Liana B. Baker)