Telmex tem lucro 32% menor no 4o tri por aumento de impostos

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011 09:01 BRST
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A empresa mexicana de telecomunicações Telmex, do bilionário Carlos Slim, apresentou na noite de quinta-feira uma inesperada queda de 32 por cento no lucro líquido do quarto trimestre, decorrente de receita menor e taxas mais altas.

A Telmex reportou lucro líquido de 3,39 bilhões de pesos (275 milhões de dólares) entre outubro e dezembro, comparado a 4,99 bilhões de pesos um ano antes. Pesquisa da Reuters com sete analistas previa ganho de 3,91 bilhões de pesos.

O resultado foi afetado por um aumento de 70 por cento em impostos de telefonia.

O conglomerado de Slim vem sendo pressionado por todos os lados, em meio à maior concorrência de companhias que oferecem serviços de TV a cabo, telefonia e Internet, somada a consumidores trocando linhas fixas por aparelhos celulares.

A legislação mexicana impede que a Telmex ofereça serviços de TV, o que, segundo a empresa, a coloca em posição de desvantagem.

A companhia informou ter perdido 291 mil linhas no último trimestre, ficando com 15,591 milhões de linhas em serviço no final de 2010. A empresa obteve 835 mil novas assinaturas de Internet em relação ao mesmo período do ano anterior. Ainda assim, a receita proveniente de serviços de dados recuou.

A receita total caiu 6 por cento, para 27,958 bilhões de pesos. Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) cedeu 9,4 por cento, a 11,087 bilhões de pesos.

(Por Michael O'Boyle e Tomas Sarmiento)