Positivo repete comunicado e diz não negociar venda de controle

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 12:52 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Positivo Informática distribuiu nesta terça-feira novo comunicado ao mercado em que afirma não haver negociação para venda do controle da empresa, em meio ao aumento do volume de negócios com suas ações e da valorização dos papéis da companhia.

O texto do comunicado encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e assinado pelo vice-presidente financeiro da Positivo, Ariel Leonardo Szawrc, é o mesmo enviado em meados de janeiro, após rumores na imprensa sobre suposta negociação para venda do controle da empresa.

Mais uma vez, nesta terça, a Positivo disse ter consultado seus acionistas controladores sobre o assunto, e que especulações a respeito de troca do acionista majoritário "não têm qualquer fundamento, uma vez que inexiste negociação em curso".

As ações da Positivo subiam 4,13 por cento às 12h50, cotadas a 9,84 reais. No último dia 17, os papéis tiveram valorização superior a 6 por cento após reportagem da Revista Isto É afirmar que o presidente da fabricante chinesa de computadores Lenovo não tinha desistido de comprar uma companhia no Brasil.

(Texto de Cesar Bianconi)