Ericsson faz parceria com Akamai para acelerar Internet móvel

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011 18:25 BRST
 

BARCELONA (Reuters) - A Ericsson está concluindo uma parceria com a Akamai, especializada em computação em nuvem, para aperfeiçoar a velocidade de conexão de smartphones e tablets à Internet.

O uso de Internet em dispositivos móveis disparou nos últimos anos com a popularidade do iPhone, da Apple, e tablets como o Galaxy, da Samsung. Mas, com frequência, as conexões são lentas e os sites exibem falhas quando o excesso de tráfego pesa sobre a infraestrutura da rede.

Ao anunciar a parceria, o presidente-executivo da Ericsson, Hans Vestberg, previu que as assinaturas de banda larga móvel cheguem perto de 5 bilhões em 2016.

"O consumo de dados nas redes será 25 vezes maior do que é hoje", disse ele durante coletiva de imprensa, e acrescentou que as redes para aparelhos móveis estarão, até lá, carregando o mesmo nível de dados das linhas fixas usadas pelos computadores hoje.

Com a parceria, a Ericsson irá integrar o sistema de distribuição de conteúdo da Akamai à sua rede móvel. A Akamai reproduz o conteúdo de websites externos em seus próprios servidores, com o consentimento de grandes companhias de Internet e de mídia que são seus clientes.

Dessa forma, usuários podem receber conteúdo do servidor mais próximo da Akami ou do que estiver com boa conexão, o que aumenta a velocidade de download e reduz a probabilidade da rede de ficar indisponível.

A companhia conta com 83 mil servidores em todo o mundo.

Vestberg afirmou que o produto será lançado para operadoras de telecomunicações nos próximos seis meses, e que será essencial para convencê-las de que a tecnologia pode ajudá-las a melhorar seus serviços.

"Já testamos o serviço com provedores de conteúdo", disse Vestberg, destacando que houve patentes envolvidas. "No ano que vem veremos o serviço atingir grandes volumes".

(Reportagem por Leila Abboud)