Apple lança serviço de assinatura digital de conteúdo

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011 15:25 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Apple está lançando um serviço de assinatura de conteúdo digital voltado para revistas, jornais, vídeos e músicas comprados por sua loja online iTunes App Store.

Donos de conteúdo podem definir o preço e a duração da assinatura, o que marca uma ruptura em relação ao sistema anterior baseada em "banca de jornal" em que cada edição de uma revista, por exemplo, poderia ser comprada separadamente.

A Apple vai processar todos os pagamentos e ficar com 30 por cento da receita. Mas a companhia vai permitir que os donos de conteúdo vendam assinaturas digitais em seus sites, pelos mesmos preços cobrados na App Store. Nesse caso não haverá compartilhamento de receita.

"Nossa filosofia é simples, quando a Apple gera um novo assinante, a empresa ganha parcela de 30 por cento, quando o produtor traz um novo assinante ou usuário existente, ele fica com 100 por cento e a Apple não ganha nada", afirmou em comunicado o presidente-executivo da Apple, Steve Jobs.

Pelo novo sistema, os consumidores decidem o nível de informação que fornecem aos produtores de conteúdo quando fazem a assinatura dos produtos. Como essas informações serão usadas ficará a cargo dos produtores.

A decisão de lançar um serviço amplo de assinaturas surge semanas depois que a Apple se aliou à News Corp para lançar o The Daily, a primeira publicação com assinatura disponível na iTunes.