Margens da Dell estão no foco de investidores

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011 16:17 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - Investidores irão examinar o resultado trimestral da Dell em busca de sinais de que os maiores gastos corporativos com tecnologia e custos menores com componentes estejam ampliando as margens da companhia, uma das maiores prioridades da segunda fabricante mundial de computadores.

A Dell vem sendo criticada por Wall Street por ter uma atuação fraca nessa frente. Com a divulgação dos resultados, a companhia poderá demonstrar que seus esforços para aumentar a rentabilidade ao penetrar em mercados novos e com maiores margens estão surtindo efeitos.

As ações da Dell, com frequência, valem menos que sua margem bruta, mas a companhia obteve resultados abaixo do esperado por Wall Street em seis dos últimos oito trimestres. Analistas esperam, em média, uma margem de 18,6 por cento para o quarto trimestre.

Investidores têm adotado a estratégia de esperar para ver. As ações da Dell estão estáveis em relação a um ano atrás, enquanto o índice Nasdaq apresentou ganho de 30 por cento.

Para o quarto trimestre fiscal, espera-se que a Dell lucre 0,37 dólar por ação, com receita de 15,7 bilhões de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Dell agendou a divulgação de seus resultados anuais para depois do fechamento do mercado norte-americano nesta terça-feira.

A maior parte da receita da Dell vem de sua unidade de PCs, cujas margens são pequenas. No entanto, a companhia está trabalhando há anos para diversificar a base de sua receita e ampliar a presença no setor de hardware para data centers e no mercado de dispositivos móveis, ambos mais rentáveis.

(Reportagem de Gabriel Madway)