Lucro trimestral da Lenovo supera previsões

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011 10:06 BRST
 

Por Kelvin Soh e Huang Yuntao

HONG KONG (Reuters) - O grupo Lenovo superou as estimativas e anunciou nesta quinta-feira alta de 25 por cento no lucro referente ao terceiro trimestre fiscal, o melhor resultado apurado pela empresa em mais de dois anos. Entretanto, a desaceleração em seu mercado doméstico, a China, pode prejudicar o desempenho deste ano.

A incerteza econômica em mercados desenvolvidos como os Estados Unidos e a Europa também pode ofuscar os benefícios que a empresa vem obtendo com o avanço da moeda chinesa e a redução do preço de seus componentes.

"O crescimento da China no mercado de computadores mostra sinais de desaceleração agora," disse Jenny Lai, diretora de pesquisa do HSBC em Taiwan. "O Lenovo tem forte exposição à China, e isso significa que provavelmente será afetado por qualquer desaceleração no país, e com isso provavelmente terá de transferir seu foco para outros mercados."

O lançamento do iPad, da Apple, ajudou a desenvolver o mercado de computadores tablet, com dezenas de modelos dotados de tela de toque chegando às lojas este ano, o que deve reduzir ainda mais a demanda por computadores convencionais. Assim como outros fabricantes de computadores, a Lenovo deve começar a vender seu tablet LePad na China neste trimestre e nos demais mercados até junho.

Os embarques de tablets devem aumentar em cerca de 200 por cento este ano, para 55 milhões de unidades, ante apenas 16 por cento de avanço, para pouco mais de 400 milhões de unidades, do mercado de computadores convencionais, de acordo com o grupo de pesquisa Gartner.

A Lenovo reportou lucro líquido de 99,6 milhões de dólares no período de outubro e dezembro, ante 79,5 milhões de dólares um ano antes, superando a previsão de 86,2 milhões de dólares segundo pesquisa da Thomson Reuters I/B/E/S com sete analistas.

A margem de lucro operacional subiu para 2,2 por cento, ante 1,9 por cento no trimestre anterior.