Nokia vê queda rápida nos preços dos celulares Windows

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011 11:31 BRST
 

Por Terhi Kinnunen

HELSINQUE (Reuters) - Os preços dos celulares inteligentes que utilizam a plataforma de software Windows Phone cairão rapidamente, disse o presidente-executivo da Nokia, Stephen Elop, na sexta-feira.

Na semana passada, a Nokia, maior fabricante mundial de celulares, anunciou que adotará o sistema da Microsoft para todos os seus celulares inteligentes, o que provocou temores de que a empresa poderia ter atrasos durante a transição em um momento em que há disparada na demanda por modelos mais baratos de smartphones.

Elop disse que um dos principais assuntos nas negociações com a Microsoft havia sido convencer a Nokia de que a empresa poderia atingir "uma base de preço muito baixa".

"Nós nos convencemos de que é possível fazer isso rapidamente", disse Elop em conversa com jornalistas.

Ao tentar concorrer melhor com o iPhone, a Microsoft até o momento vinha impondo condições severas de qualidade de hardware aos celulares que usam seu software, o que elevava o preço desses modelos e limitava seu potencial mercado.

Como parte do esforço para ampliar seu mercado e reduzir preços, a Microsoft planeja abrir sua plataforma de telefonia móvel a outros fornecedores de chips além da Qualcomm.

As ações da Nokia caíram em mais de 20 por cento depois de seu anúncio do acordo com a Microsoft, mas executivos do setor afirmaram que a nova aliança será boa para a concorrência e inovação.

Elop afirmou que o acordo final entre Nokia e Microsoft deve ser assinado nos próximos meses.

"A conclusão do acordo acontecerá rapidamente, creio, em coisa de dois meses; pode ser um pouco mais, pode ser um pouco menos", disse.

Elop, que trocou a Microsoft pela Nokia em setembro passado, disse ter vendido todas as suas ações da Microsoft em 17 de fevereiro e adquirido 150 mil ações da Nokia. O canadense é o primeiro não finlandês a dirigir a empresa.