Banda larga 3G garante expansão de operadoras móveis em janeiro

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011 19:10 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As operadoras celulares conquistaram quase 2 milhões de novos clientes para seus serviços de banda larga móvel (3G) em janeiro, mostraram dados divulgados na sexta-feira pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

De acordo com o órgão regulador, os terminais móveis para acesso rápido à Internet totalizavam 22,57 milhões no final do mês passado, contra 20,63 milhões no encerramento de 2010.

Somando as linhas telefônicas celulares, a base de assinantes de serviços de comunicação móvel no Brasil subiu para quase 205,2 milhões em janeiro. Isso representa um crescimento de cerca de 1,3 por cento sobre dezembro e de 17,2 por cento em 12 meses.

Como nos últimos meses, o destaque entre as operadoras ficou com a TIM Participações, controlada pela Telecom Italia, que ganhou market share de rivais e se aproximou mais da Claro, com a qual disputa o posto de segunda maior operadora celular do país.

A líder Vivo, controlada pela espanhola Telefónica, terminou janeiro com 60,8 milhões de assinantes e praticamente a mesma participação de mercado vista em dezembro, ao redor de 29,7 por cento.

A Claro, da mexicana América Móvil, tinha no fim de janeiro 52,2 milhões de clientes e fatia de mercado de 25,5 por cento, também quase estável na comparação com o mês anterior.

A TIM estava com 51,8 milhões de usuários, segundo a Anatel, representando 25,3 por cento do mercado. Em dezembro, a empresa aparecia no ranking com 25,1 por cento de market share.

A Oi, enquanto isso, encerrou o último mês com quase 39,6 milhões de clientes e participação de 19,3 por cento, queda de 0,1 ponto percentual contra dezembro.

(Reportagem de Cesar Bianconi)