Mais problemas para os fabricantes de netbooks?

sexta-feira, 4 de março de 2011 09:25 BRT
 

Por Clare Jim

TAIPÉ (Reuters) - Os fabricantes taiuaneses de netbooks, computadores portáteis de baixo preço que eram o destaque do setor poucos anos atrás, estão saltando para o mercado de tablets, de margens mais elevadas, depois de verem seus produtos sofrerem erosão de preços diante da concorrência dos elegantes novos aparelhos.

Ainda que o Apple iPad tenha se tornado um imenso sucesso, Asustek e Acer, que juntas controlam mais de metade do mercado mundial de netbooks, continuam a registrar crescimento de vendas em mercados emergentes como o da China.

Alguns analistas continuam a prever forte demanda para netbooks de preço acessível nos mercados emergentes. Os netbooks decolaram em 2008 e capturaram grande proporção do mercado de laptops.

Mas as ações da Acer caíram 20 por cento nos últimos três meses, enquanto as da Asustek se mantiveram estáveis.

Analistas preveem que as vendas de netbooks em 2011 possam sofrer queda de até 15 por cento sobre 2010, enquanto as de tablets podem triplicar ou quadruplicar este ano, respondendo por 30 por cento do mercado total de computadores portáteis.

"As metas agressivas de embarques de netbooks provavelmente serão atingidas por meio de avanços na participação em mercados emergentes como o do Brasil, depois do sucesso da empresa na Rússia, China e Índia", disse Angela Hsiang, analista da KGI que recomenda as ações da Asustek.

Jenny Lai, analista da HBC, afirmou que se os fabricantes de netbooks conseguirem sucesso na venda de tablets, isso elevará consideravelmente suas margens de lucros e avaliação de mercado.

"Vamos ver o lançamento de muitos tablets a partir de março e essa é uma transição que os fabricantes de netbooks terão de realizar", disse Lai, que recomenda as ações da Acer.   Continuação...