Criadora de "Angry Birds" recebe injeção de US$42 mi em capital

quinta-feira, 10 de março de 2011 14:12 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A Rovio, produtora finlandesa do jogo para celulares inteligentes "Angry Birds", levantou 42 milhões de dólares junto a investidores e indicou o co-fundador da Skype Niklas Zennstroem para seu conselho.

A rodada de injeção de capital foi co-liderada pela Accel Partners, que anteriormente tinha apoiado, Facebook, Admob e Baidu, e pela empresa de capital de risco de Zennstroem, Atomico Ventures, anunciou a Rovio nesta quinta-feira.

A Rovio quer se expandir para outros mercados, incluindo mídia social e outras plataformas.

"Angry Birds vai continuar a crescer e queremos criar histórias de sucesso similares", disse Mikael Hed, presidente-executivo e co-fundador da Rovio.

Hed tinha informado à Reuters em agosto que planejava tornar Angry Birds uma marca de entretenimento da mesma forma como a Pixar fez com personagens de Toy Story e Monstros SA.

Angry Birds, em que os jogadores têm que ajudar pássaros a destruirem porcos que roubam seus ovos com o auxílio de um estilingue -- se firmou no topo dos jogos para celulares, diferente da maior parte de títulos do segmento.

O jogo é usado por 40 milhões de usuários mensais ativos, afirma a Rovio.

"Este investimento vai dar asas à Rovio", disse Zennstroem. "Angry Birds é um dos produtos online de crescimento mais rápido que eu já vi, crescendo mais rápido até que o Skype e a companhia fez um brilhante trabalho ao expandi-lo para diferentes plataformas e produtos."

Mais de 75 milhões de versões pagas e apoiadas por publicidade já foram baixadas, afirma a Rovio.

A empresa informou em agosto que tinha como objetivo alcançar 100 milhões de downloads do jogo dentro de um ano ou dois.

A Rovio foi criada em 2003 depois que três estudantes, incluindo Niklas Hed, primo de Mikael e atualmente vice-presidente de operações da Rovio, ganharam uma competição de desenvolvimento de jogos patrocinada por Nokia e Hewlett-Packard. A empresa mudou de nome, de Relude para Rovio, em 2005.

 
<p>Presidente-executivo da Rovio, Mikael Hed, posa em frente a p&ocirc;ster do jogo "Angry Birds" no escrit&oacute;rio da companhia, em agosto de 2010. A produtora levantou junto a investidores um total de 42 milh&otilde;es de d&oacute;lares. 16/08/2010 REUTERS/Georgina Prodhan</p>