eBay permite maior listagem de produtos sem cobrar taxas

terça-feira, 15 de março de 2011 16:08 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O eBay afirmou que permitirá a vendedores de seu site a listagem de até 50 itens por mês sem cobrar taxas a partir do mês que vem, como estratégia para atrair mais negócios para sua madura plataforma de vendas.

A nova regra, prevista para entrar em vigor em 19 de abril, segue-se a iniciativas similares tomadas no ano passado, preparadas para atrair novos vendedores e novas listagens de produtos para o eBay.

A plataforma de vendas do eBay conecta compradores a vendedores na Internet e oferece à companhia altas margens de lucro, mas foi a unidade de pagamentos, da qual faz parte o PayPal, a que mais contribuiu para o crescimento da empresa nos últimos trimestres.

A companhia foi pioneira no negócio de leilões online durante o boom da Internet, mas a plataforma de vendas deixou de ser novidade e o crescimento recuou. Melhoras na tecnologia de buscas e segurança deixaram as compras no eBay mais fáceis e seguras.

A companhia estimou no mês passado que a unidade de vendas online (marketplaces) crescerá de 7 bilhões para 8 bilhões de dólares em 2013, ante 5,7 bilhões de dólares em 2010. A empresa pretende elevar sua receita total atinja de 13 bilhões a 15 bilhões de dólares em 2013.

(Reportagem de Phil Wahba)