Ações da Netflix saltam com preço-alvo de U$300 do Goldman Sachs

terça-feira, 15 de março de 2011 16:51 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - As ações da Netflix saltavam mais de 8 por cento nesta terça-feira, em oposição às perdas do mercado, depois que o Goldman Sachs fixou o preço-alvo dos papéis da companhia em 300 dólares.

A Netflix também se beneficiava de um novo relatório do grupo NPD que mostra que a companhia de aluguel de filmes controla mais de 60 por cento do mercado de filmes baixados ou visualizados por streaming.

O relatório do NPD e a avaliação positiva do Goldman Sachs amenizaram alguns dos temores que pairaram sobre a Netflix durante o mês passado, quando suas ações caíram cerca de 20 por cento.

Em relatório do Goldman Sachs, a analista Ingrid Chung escreveu que as ações da Netflix "reagiram melhor que o esperado a sinais mais visíveis de competição, enquanto o crescimento de assinantes superou as expectativas".

Ingrid também elevou a recomendação para as ações da Netflix de "neutra" para "compra" e acrescentou que "a competição, até o momento, é inexpressiva, e esperamos que a forte demanda por conteúdo para streaming na Internet seja grande o bastante para vários competidores".

(Reportagem de Paul Thomasch)