Investidor do Facebook vê saída de fundadores como alerta

quarta-feira, 16 de março de 2011 12:30 BRT
 

ABU DHABI (Reuters) - Yuri Milner, que investiu centenas de milhões de dólares no Facebook, Zynga e Groupon, afirmou nesta quarta-feira que a saída de fundadores de companhias deveria ser considerada como um sinal para os investidores fazerem o mesmo.

Milner, presidente-executivo da russa Digital Sky Technologies (DST), tem definido um novo estilo de investimento em companhias de Internet nos últimos dois anos ao comprar participações das empresas num estágio mais adiantado e elevando essas fatias com papéis preferenciais e de funcionários das próprias companhias.

A DST comprou participação de 2 por cento no Facebook por 200 milhões de dólares em 2009, algo que foi considerado largamente como um exagero. A rodada de financiamento do Facebook mais recente elevou o valor da rede social a cerca de 50 bilhões de dólares.

"Eu acho que pelo menos deve-se esperar que as empresas abram seu capital", disse Milner quando perguntado em um evento de mídia em Abu Dhabi Media sobre sua estratégia de saída dos investimentos.

O grupo de investimento do executivo ainda não deixou nenhuma das companhias nas quais comprou participações. "Quando o fundador começar a vender (suas ações), você deveria começar a vender também", disse ele.

(Por Georgina Prodhan)