Criadora do jogo Angry Birds planeja abrir capital em Nova York

sexta-feira, 18 de março de 2011 19:31 BRT
 

Por Liana B. Baker e Jussi Rosendahl

NOVA YORK/HELSINQUE (Reuters) - A Rovio, desenvolvedora do jogo para dispositivos móveis "Angry Birds", planeja fazer uma oferta de ações nos Estados Unidos nos próximos cinco anos, em uma iniciativa que poderia dar a investidores a oportunidade de participar do segmento mais crescente na indústria de games.

O chairman da Rovio Mobile, Kaj Hed, disse à Reuters em Helsinque nesta sexta-feira que é provável que a empresa seja listada na Nasdaq.

"Nossos fãs estão primeiramente nos EUA, então seria fácil para nós termos a marca lá", disse o executivo, que também é pai do co-fundador e presidente-executivo da companhia, Mikael Hed.

Para o chairman da Rovio, a oferta de ações é uma alternativa melhor que a venda da empresa à outra companhia.

Ele acrescentou que a empresa irá considerar levantar capital em operações privadas. Na semana passada, a Rovio obteve 42 milhões de dólares de investidores e nomeou o co-fundador do Skype Niklas Zennstroem como conselheiro.

Hed e sua família têm participação majoritária na companhia, que deverá continuar a ter sede na Finlândia.

Em "Angry Birds", pássaros têm que destruir barricadas onde porcos que roubaram seus ovos ficam escondidos, com ajuda de um estilingue. Mais de 75 milhões de versões pagas e suportadas por propaganda já foram baixadas do jogo.

As vendas de games online devem crescer para 11,4 bilhões de dólares em 2014, de acordo com a empresa de pesquisa Gartner, e continuarão a roubar espaço de plataformas convencionais de games, como os consoles para jogar em aparelhos de TV.

Outras empresas de capital aberto com foco em jogos móveis são a Gameloft, com ações na bolsa de Paris, e a Glu Mobile, listada na Nasdaq.

(Reportagem adicional de Alina Selyukh)