AT&T compra a T-Mobile USA e forma líder em celular nos EUA

segunda-feira, 21 de março de 2011 07:26 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A AT&T Inc chegou a um acordo de 39 bilhões de dólares, envolvendo dinheiro e ações, para comprar a T-Mobile USA, da Deutsche Telekom AG, criando uma nova líder na indústria de telefonia celular, ultrapassando a Verizon Wireless em número de clientes.

O acordo, anunciado no domingo, dará à AT&T, segunda maior operadora de telefonia celular nos EUA, ganho em capacidade de transmissão para enviar conteúdo de vídeo, jogos e entretenimento para aparelhos como o iPhone e o iPad, da Apple Inc's.

A compra também deve passar por intensas análises regulatórias. A empresa resultante do negócio, uma AT&T ampliada, e a Verizon Wireless terão, juntas, quase três em cada quatro usuários no país, de acordo com o analista Charles Golvin, do Forrester Research.

Agora, questiona-se o futuro de rivais menores, como a Sprint Nextel, que chegou a ter conversas para se unir à T-Mobile USA, quarta maior operadora dos EUA.

"Outros supostos acordos envolvendo a T-Mobile juntariam redes incompatíveis," afirmou Larry Cohen, chefe do CWA, principal sindicato dos trabalhadores das telecomunicações. "Não apenas forçaria uma reconstrução, mas necessitaria novos aparelhos para os clientes da T-Mobile."

O preço de compra inclui um pagamento em dinheiro de 25 bilhões de dólares, com o saldo sendo pago com ações da AT&T, que pelo contrato tem direito de aumentar a porção de dinheiro do preço de compra em até 4,2 bilhões de dólares, reduzindo eventualmente o volume de ações envolvido.

Como parte do acordo, a Deutsche Telekom vai abocanhar uma fatia de 8 por cento da AT&T, e um representante da Deutsche Telekom entrará para o conselho de administração da AT&T.

O acordo foi aprovado pelas diretorias de ambas as empresas.