Estratégia da Nokia para tablets pode excluir Microsoft

segunda-feira, 21 de março de 2011 15:37 BRT
 

Por Georgina Prodhan

LONDRES (Reuters) - A estratégia da Nokia para entrar no mercado de tablets pode não incluir a Microsoft, sua nova parceira no segmento de smartphones, de acordo com uma fonte a par do assunto.

A fabricante de smartphones finlandesa ainda está considerando suas opções para possíveis lançamentos de tablets, que incluem o MeeGo, plataforma sendo desenvolvida pela Nokia e pela Intel, afirmou a fonte.

A Nokia pretende lançar um tablet competitivo em vez de correr para entrar no mercado tardiamente. A empresa espera ter um produto diferenciado que possa ajudá-la em sua estratégia para outros aparelhos, incluindo televisores.

"Isso poderia envolver a Microsoft ou não", afirmou a fonte.

Antes de firmar a parceria com a Microsoft, a Nokia apostava no MeeGo para smartphones de alto padrão, como esforço para recuperar o território perdido para o iPhone da Apple e os aparelhos baseados no software do Google.

A Intel, que busca há tempos estabelecer uma posição no mercado de aparelhos sem fio, afirma estar procurando por novos parceiros.

Não se espera que a Microsoft tenha uma plataforma acabada para tablets antes do fim de 2012. Ela seria baseada no seu próximo sistema operacional para PCs, o Windows 8, e não no software para celulares Windows Phone.

Qualquer tablet da Nokia e da Microsoft empregaria o sistema operacional completo do Windows, não o Windows Phone.