Lucro da Samsung no 1o trimestre pode desapontar mercado

terça-feira, 5 de abril de 2011 19:30 BRT
 

Por Miyoung Kim

SEUL (Reuters) - A Samsung, maior fabricante mundial de chips de memória e painéis de tela plana, deve reportar a terceira queda consecutiva nos lucros do período de janeiro a março em decorrência da diminuição dos preços de painéis de tela plana e TVs.

A Samsung será a primeira grande empresa global de tecnologia a dar novas notícias ao mercado após o terremoto acompanhado de tsunami que atingiu o Japão em 11 de março, elevando as incertezas sobre os efeitos de longo-prazo do desastre sobre uma série de fabricantes.

Para a Samsung, que conta com a Sony como sua maior cliente, trazendo quase 7 trilhões de wons (6,4 bilhões de dólares) em vendas ao ano, uma suspensão prolongada da produção de TVs de tela plana no Japão resulta no recuo da receita, mas também a beneficia devido aos menores estoque de chips, setor no qual ela compete com empresas como a japonesa Toshiba.

A Samsung, empresa de tecnologia mais valorizada da Ásia com valor de mercado de cerca de 142 bilhões de dólares, deve divulgar dados referentes ao período de janeiro à março na quinta-feira antes de anunciar dados trimestrais detalhados no fim de abril.

A companhia deve reportar lucro operacional de 3,17 trilhões de wons sobre receita de 38 trilhões de wons, de acordo com estimativa média de 29 analistas consultados pela Thomson Reuters I/B/E/S.

Segundo estimativas da StarMine SmartEstimates, que dá mais peso para as previsões recentes de grandes analistas, o lucro operacional da Samsung pode ter recuo de 10 por cento para 2,9 trilhões de wons.

Esse seria o menor lucro desde o segundo trimestre de 2009, 42 por cento inferior ao lucro de um ano antes e 4 por cento menor que o do trimestre anterior.