Dish Network vence leilão da Blockbuster por U$320 milhões

quarta-feira, 6 de abril de 2011 16:17 BRT
 

Por Tom Hals e Liana B. Baker

WILMINGTON/NOVA YORK (Reuters) - A Dish Network venceu o leilão pela deficitária Blockbuster por 320 milhões de dólares, expandindo seus negócios além da transmissão de TV por satélite e entrando em um possível confronto com a Netflix.

A Dish, segunda maior companhia de transmissão de TV por satélite dos Estados Unidos, atrás da DirecTV, venceu pelo menos outras três outras empresas que fizeram ofertas pela Blockbuster, anteriormente líder no aluguel de filmes, incluindo o investidor ativista Carl Icahn.

A Dish afirmou que a negociação, que inclui mais de 1,7 mil lojas da Blockbuster, dá à empresa novas formas de fazer marketing de seus serviços.

O acordo cobre "essencialmente todos" os negócios da rede de aluguel de filmes, e aparentemente dá à Dish os direitos da Blockbuster de transmitir vídeos pela Internet, o nome da marca da Blockbuster e sua base de clientes.

A Dish se recusou a fazer comentários além de um comunicado divulgado à imprensa.

"Isso é muito esperto da parte deles", afirmou Todd Mitchell, analista da Kaufman Brothers. "A Dish pode fazer uma transição do modelo de varejo para um de transmissão de conteúdo. Assim ela teria basicamente uma oferta de serviços como os da Netflix".

O acordo se segue a dois outros conduzidos pelo presidente-executivo e conselheiro da Dish, Charlie Ergen, neste ano, que podem transformar a Dish em uma grande provedora de vídeos sob demanda por meio do sistema de transmissão via satélite, e, por fim, em uma operadora de redes de telecomunicações para aparelhos móveis, de acordo com analistas.

No mês passado, a Dish comprou a empresa de comunicações via satélite e transmissores baseados em terra DBSD North America, por cerca de 1,4 bilhão de dólares, o que expandiu o espectro da banda-larga da companhia.   Continuação...

 
<p>Loja da Blockbuster &eacute; vista no Colorado. A Dish Network venceu o leil&atilde;o pela deficit&aacute;ria Blockbuster por 320 milh&otilde;es de d&oacute;lares, assumindo o controle de mais de 1,7 mil lojas da marca. 06/04/2011 REUTERS/Rick Wilking</p>