Nokia revela dois novos modelos na batalha dos smartphones

terça-feira, 12 de abril de 2011 11:40 BRT
 

Por Tarmo Virki

HELSINQUE (Reuters) - A Nokia revelou na terça-feira dois novos modelos de smartphones que operam com uma versão melhorada do software Symbian, uma solução provisória que tem por objetivo impedir que seus compradores troquem os aparelhos da empresa pelos de rivais como a Apple.

A Nokia perdeu a liderança do segmento de mais alto preço no mercado de celulares depois que a Apple lançou o iPhone, em 2007.

Em fevereiro, o novo presidente-executivo da Nokia, Stephen Elop, decidiu abandonar o software Symbian, e anunciou que a empresa passaria a empregar o software da Microsoft, ainda não testado para celulares.

Elop comparou o Symbian a uma plataforma em chamas, em um memorando interno que circulou amplamente também fora da empresa, e disse que o software não era bom o bastante para o futuro da maior fabricante mundial de celulares pelo critério de volume.

Na terça-feira, a Nokia revelou uma nova versão do Symbian, com novos ícones, um sistema mais inteligente de inserção de texto, navegação mais rápida na internet e um aplicativo Ovi Maps atualizado.

"Não dá mais para montar o Humpty Dumpty. Multidões de criadores de aplicativos estão abandonando o sistema," disse Tero Kuittinen, analista da MKM Partners.

A Nokia se esforçou em vão durante muitos anos para atrair a atenção dos criadores de software, devido em parte às ferramentas complicadas do Symbian, quando comparadas às do iPhone ou do Google Android. A empresa tinha a esperança de que a escala maior de suas operações compensaria os investimentos adicionais exigidos dos criadores de aplicativos.

Tero Ojanpera, vice-presidente de serviços da Nokia, manteve a meta de vender cerca de 150 milhões de celulares equipados com o Symbian nos próximos anos, e afirmou que o volume diário de downloads na Ovi Store, da Nokia, havia subido a cinco milhões.

Em comparação, a Apple deve vender um total de 150 milhões de iPhones entre 2011 e 2012.

Os novos modelos da Nokia, o E6 e o X7, estarão à venda por respectivamente 340 e 380 euros (549,10 dólares), excluídos subsídios e impostos, antes do final do trimestre.