ASML vê impacto de terremoto no Japão em clientes

quarta-feira, 13 de abril de 2011 15:57 BRT
 

Por Roberta B. Cowan

AMSTERDÃ (Reuters) - A fabricante holandesa de equipamentos para produção de chips ASML, termômetro do setor de tecnologia europeu, afirmou que alguns de seus clientes atrasaram a confirmação de pedidos pois o terremoto no Japão interrompeu sua cadeia de suprimentos.

A ASML, maior fabricante de máquinas de litografia de semicondutores, que mapeia circuitos eletrônicos em placas de silício, reportou lucro trimestral recorde devido à forte demanda por novos chips usados em tablets e smartphones, mas divulgou um cronograma de pedidos menor que o esperado no primeiro trimestre.

A ASML também emitiu alertas de perigo devido ao terremoto devastador acompanhado de tsunami no Japão em 11 de março.

"Temos visto cada vez mais ao longo das últimas duas ou três semanas mensagens de nossos clientes mostrando que eles estão vendo impacto em seus negócios", afirmou o vice-presidente financeiro Peter Wennink.

"Existe um nível de incerteza sobre a capacidade da cadeia de distribuição da indústria de eletrônicos de conseguir enviando pedidos de clientes. Alguns de nossos clientes disseram 'Sim, estamos vendo impacto'".

"De fato, alguns clientes reprogramaram um número limitado de entregas", disse o presidente-executivo Eric Meurice em comunicado.

Mas Meurice acrescentou que a demanda continua suficientemente forte para 2011, e que a expectativa de receita da ASML não seria significantemente afetada, com as vendas em 2011 ainda excedendo 5 bilhões de euros.

Wennink não forneceu quaisquer orientações para 2012, mas afirmou esperar que dentro de nove ou dez meses a cadeia de fornecimento de clientes da ASML esteja "de volta ao normal".