Gastos do Google causam queda de ações e recomendação adversa

sexta-feira, 15 de abril de 2011 09:49 BRT
 

(Reuters) - As ações do Google caíam 6 por cento nesta sexta-feira, um dia depois que a gigante das buscas divulgou alta nos gastos, o que desagradou investidores e resultou em uma rara recomendação adversa de uma corretora.

A alta de 54 por cento nos gastos do Google no primeiro trimestre fez com que os investidores se preocupassem com a possibilidade de que o novo presidente-executivo esteja desconsiderando o lucro, em busca de crescimento no faturamento.

Mark Mahaney, analista do Citigroup, rebaixou a recomendação do Google para "neutro" e sua estimativa do valor das ações da empresa, de 750 para 650 dólares.

As margens do mercado de busca estão sob pressão de custos maiores este ano, o que prejudicou os resultados da empresa no primeiro trimestre, de acordo com Ross Sandler, analista da RBC Capital Markets, que reduziu sua avaliação das ações da companhia de 700 para 680 dólares.

"O problema para a maioria dos investidores do Google continua a ser a compressão das margens... e ela não está mostrando sinais de redução", escreveu Sandler em nota de pesquisa.

Sob o comando do novo presidente-executivo, Larry Page, um dos fundadores da empresa, o Google está investindo pesadamente para promover crescimento futuro. A ênfase está em mídia social, escreveu o analista Clayton Moran, da Benchmark, em nota de pesquisa.

Analistas acreditam que Page continuará a gastar com novos produtos e comandará um avanço agressivo na direção de áreas como as redes sociais e operações móveis. Executivos do Google disseram na quinta-feira que a alta considerável nos gastos era parte dos planos da empresa para procurar novas oportunidades de negócios.

Embora a incerteza com relação à erosão de margens provavelmente pese sobre as ações, oferece aos investidores crescimento de qualidade a preço razoável, disse Moran.

"Com base no histórico da companhia, damos ao Google o benefício da dúvida no sentido de que os investimentos apresentarão resultados e continuarão a crescer ao longo do tempo", disse Moran.

Os retornos de investimentos anteriores do Google na publicidade e operações móveis foram muito bons, mas os retornos de seus novos investimentos em buscas locais e sociais são incertos, disse Mahaney.