Jogos de azar na Internet são acusados de fraude nos EUA

sexta-feira, 15 de abril de 2011 16:21 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os donos de três das maiores companhias de pôquer online que operam nos Estados Unidos foram acusadas nesta sexta-feira de enganar órgãos reguladores e bancos para que eles processassem bilhões de dólares de dinheiro procedente de apostas ilegais realizadas na Internet.

Onze pessoas, incluindo os donos da Full Tilt Poker, da Absolute Poker e da PokerStars foram acusados de violar leis norte-americanas contra jogos de azar na Internet, de acordo com processos de procuradores federais em Manhattan.

As acusações são parte de uma repressão aos jogos de azar na Internet nos EUA, onde eles são ilegais desde 2006.

Em março, a Wynn Resorts afirmou ter firmado uma parceria com a PokerStars, e disse que elas trabalhariam para a aprovação de legislações nos EUA que definiriam os jogos de azar na Internet como práticas ilegais.

(Reportagem de Basil Katz)