Apple começará a distribuir novo iPhone em setembro

quarta-feira, 20 de abril de 2011 09:50 BRT
 

Por Kelvin Soh

HONG KONG (Reuters) - A nova geração de iPhones da Apple contará com processador mais rápido e começará a ser distribuída em setembro, informaram três pessoas com conhecimento direto sobre a cadeia de suprimentos da empresa.

A produção do novo iPhone, cuja primeira versão foi lançada em 2007, vai ser iniciada em julho/agosto, e o celular terá aparência bastante semelhante ao do iPhone 4, disse uma das fontes nesta quarta-feira.

As informações sobre o cronograma de lançamento do novo aparelho variam, mas a expectativa geral é de que a Apple renove a linha do iPhone 4 antes do final do ano.

Uma porta-voz da Apple em Hong Kong não foi localizada para comentar o assunto.

O iPhone é um dos mais bem sucedidos produtos da Apple, com mais de 5 milhões de unidades vendidas no quarto trimestre de 2010, período em que o aparelho respondeu por mais de um terço das vendas da empresa.

O atual iPhone 4 foi lançado por Steve Jobs, o presidente-executivo da Apple, em junho do ano passado, e começou a ser distribuído naquele mesmo mês.

A Apple obtém muitos de seus componentes junto a fornecedores de Taiwan, diversos dos quais devem se beneficiar de qualquer alta nas vendas, já que dependem da companhia norte-americana para entre 20 e 40 por cento de seus negócios, disse Vincent Chan, analista da Yuanta Securities.

"Para alguns fornecedores, a Apple é a grande fonte de lucros, o pão de cada dia", disse Chen. "Com todas essas versões sendo lançadas com tamanha frequência, são os chamados fornecedores de margem baixa, por exemplo as companhias que montam os celulares, que se beneficiam mais", acrescentou.

Os fornecedores para o iPhone incluem a Largan Precision, que fabrica módulos de câmera; a Wintek, que produz paineis para telas sensíveis ao toque; e a Foxconn Technology, disseram duas das fontes.

As fornecedoras vão iniciar produção em julho ou agosto e os componentes serão seriam encaminhados à Hon Hai Precision Industry, da Foxconn, para montagem, disseram as fontes.