Amazon vai deixar que bibliotecas emprestem livros Kindle

quarta-feira, 20 de abril de 2011 11:30 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Amazon.com vai começar a permitir que usuários de seu aparelho de leitura Kindle peguem emprestado livros digitais de muitas bibliotecas dos Estados Unidos até o final deste ano. A iniciativa serve para acelerar a adoção do aparelho da empresa pelo mercado.

A Amazon, maior companhia de varejo online do mundo em vendas, informou que os usuários do Kindle poderão emprestar livros de 11 mil bibliotecas e fazer anotações eletrônicas nos livros. A companhia, porém, não informou a data exata do lançamento do serviço.

A Amazon lançou o Kindle em 2007 e precifica a maior parte dos livros digitais que vende por menos de 9,99 dólares para acelerar a adoção do produto e se proteger de rivais como o Nook, da rede de livrarias Barnes & Noble, e o iPad, da Apple.

A Barnes & Noble lançou o empréstimo de livros eletrônicos de bibliotecas na mesma época em que lançou o Nook, em outubro de 2009.