LG anuncia lucro no 1o trimestre; prejuízo com celulares recua

quarta-feira, 27 de abril de 2011 12:15 BRT
 

Por Miyoung Kim

SEUL (Reuters) - A LG Electronics anunciou seu primeiro lucro em três trimestres, e a terceira maior fabricante mundial de celulares informou que prevê resultados melhores no futuro, porque conseguiu deter a queda de suas margens no competitivo mercado de celulares.

A divisão de celulares da LG deve sair do vermelho neste trimestre, com a ajuda de novos produtos como o Optimus 2X e o Optimus Black, no segmento de alto preço.

A companhia enfrenta séria batalha contra pesos pesados como a Apple, que ultrapassou a Nokia no trimestre passado como maior fabricante mundial de celulares, pelo critério de receita, devido às fortes vendas do iPhone.

A LG, também segunda maior fabricante mundial de TVs, reportou lucro operacional de 131 bilhões de won (121 milhões de dólares) no primeiro trimestre, abaixo da projeção média de 149 bilhões de won de lucro registrada pela Thomson Reuters

I/B/E/S.

O lucro da companhia caiu a menos de um terço dos 481 bilhões de won registrados no mesmo período do ano passado, devido às fracas vendas de televisores e ao prejuízo continuado de sua divisão de celulares causado pela falta de novos modelos de celulares inteligentes. No entanto, a companhia avançou com relação ao prejuízo recorde de 246 bilhões de won registrado no trimestre anterior.

Os prejuízos operacionais com as vendas de celulares se estreitaram a 101 bilhões de won, ante os 262 bilhões de won do quarto trimestre, e sua divisão de televisores subiu a um lucro de 82 bilhões de won depois do prejuízo de 65 bilhões de won no trimestre precedente.

A LG está apostando nos dois modelos premium do Optimus Black e Optimus 2X, que usam poderosos processadores de núcleo duplo para melhorar a velocidade nos jogos e acesso à Internet, como forma de ajudá-la a sair do vermelho, mas continua a enfrentar forte concorrência.

A Samsung revelou uma nova versão de seu principal modelo de celular, o Galaxy S, esta semana, e a Apple está realizando vendas recorde do iPhone, com 18,65 milhões de unidades embarcadas no trimestre passado.

"Eles (LG) continuam atrás da Samsung e da Apple, mas comparada à sua linha anterior de celulares inteligentes, os modelos premium recentes parecem ter vantagens competitivas," disse S. R. Kwon, analista da Dongbu Securities.