Harman prevê U$1 bi em novos pedidos este ano

sexta-feira, 29 de abril de 2011 16:36 BRT
 

Por Saqib Iqbal Ahmed e Supantha Mukherjee

BANGALORE (Reuters) - A fabricante de aparelhos de áudio Harman espera ter cerca de 1 bilhão de dólares em novos pedidos este ano e está em negociações com montadoras indianas como parte do plano de crescer em mercados emergentes, disse o presidente-executivo da companhia.

"Nos próximos seis a oito meses vamos gerar novos pedidos totalizando cerca de 1 bilhão de dólares", afirmou Dinesh Paliwal à Reuters.

A empresa, que fabrica equipamentos de áudio para veículos produzidos pela BMW, Audi, Volkswagen, Daimler, Toyota, Fiat SpA e Ferrari, possui uma provisão de pedidos de 13,5 bilhões de dólares.

Paliwal, no entanto, se recusou a dizer de onde virão os novos contratos.

A Harman, conhecida por marcas como a Harman Kardon, JBL, Mark Levinson e Infinity, têm entrado com força em mercados emergentes como Brasil, China e Índia, e está projetando 1,5 bilhão de dólares em receita proveniente desses países até 2015.

A Harman fechou um contrato de 1,2 bilhão de dólares com a Volkswagen no trimestre passado, cujo valor foi elevado para 1,6 bilhão de dólares no atual trimestre.

A empresa, que está prestes a inaugurar uma fábrica na China, planeja transferir algumas unidades de produção para os BRICs --Brasil, Rússia, Índia e China-- para reduzir custos e aumentar margens.

Atualmente, a maioria dos equipamentos é produzida na Alemanha, Hungria e América do Norte.

O mercado espera que a Harman reporte vendas de 3,6 bilhões de dólares no ano fiscal de 2011, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.