Sony dá acesso grátis para acalmar usuários após invasão da PSN

segunda-feira, 2 de maio de 2011 11:00 BRT
 

Por Isabel Reynolds e James Topham

TÓQUIO (Reuters) - A Sony conquistou alguns jogadores depois que começou a oferecer acesso gratuito a conteúdo premium da PlayStation Network como forma de compensar o vazamento de detalhes pessoais de 78 milhões de contas de usuários.

Muitos usuários do PlayStation em todo o mundo ficaram zangados e frustrados com a demora da Sony em alertá-los sobre uma das maiores violações de segurança na história da Internet. Um primeiro aviso da empresa só surgiu uma semana depois que a Sony detectou um problema na rede, em 19 de abril.

No domingo, a empresa pediu desculpas e disse que reativará a PlayStation Network gradativamente, com segurança ampliada, e que oferecerá alguns conteúdos gratuitos aos usuários.

"O estrago está feito para a Sony não importa em que escala a empresa venha distribuir conteúdo a essa altura. A companhia terá que realizar um esforço prolongado para reconquistar a confiança dos clientes", disse Jay Defibaugh, diretor de pesquisa de ações da MF Global, em Tóquio.

"Qualquer coisa que solape a disposição dos consumidores de fornecer detalhes de cartão de crédito à Sony representa um problema para sua estratégia de redes", disse.

A Sony anunciou no domingo que oferecerá conteúdos gratuitos, o que inclui 30 dias de acesso grátis a um serviço premium, para os usuários existentes, e que em certas regiões pagará os custos de renovação de cartões de crédito. Essa compensação só será paga caso o usuário tenha sofrido danos com a invasão da PSN, informou a empresa sem acrescentar detalhes.

A notícia causou milhares de comentários no blog do PlayStation e na página da empresa no Facebook, muitos dos quais positivos.

"É bom descobrir que a Sony respeita e se preocupa tanto com seus clientes", afirmou um usuário identificado como "Ragabunny". "Honestamente, jamais duvidei da Sony quanto a isso. Como proprietário do PlayStation desde o primeiro console, sempre soube que eles são bons em reconhecer problemas em sua infraestrutura e no mundo dos jogos."   Continuação...