RIM lança smartphone BlackBerry Bold com tela sensível ao toque

segunda-feira, 2 de maio de 2011 15:39 BRT
 

Por Alastair Sharp

ORLANDO, Flórida (Reuters) - A Research in Motion apresentou nesta segunda-feira o BlackBerry Bold, uma nova versão de seu smartphone, além da atualização de seu sistema operacional, tentando recuperar o passo após divulgar um alerta de resultados.

A RIM informou que o novo celular com tela de toque, que estará disponível em todo o mundo a partir do segundo semestre, teria mais poder de processamento que o Torch, que a companhia definiu como concorrente digno do iPhone em agosto, quando lançou a mais recente atualização de sua plataforma.

A RIM surpreendeu investidores na semana passada ao lançar novo alerta de resultados, reduzindo as estimativas algumas semanas depois de anunciar projeções negativas de ganhos. As vendas do BlackBerry perderam impulso, principalmente na América Latina e nos Estados Unidos, enquanto as da Apple e do Google seguiram em alta.

"Não é um produto individual que vai alterar a percepção dos investidores quanto à companhia. Será necessário atualizar toda a linha de produtos e o sistema operacional," disse Alkesh Shah, analista da Evercore Partners.

As ações da RIM caíam quase 1 por cento às 14h25 (horário de Brasília), após recuarem mais de 14 por cento com o alerta de resultados divulgado na sexta-feira.

O novo Bold, modelo voltado ao mercado corporativo, conta com tela de 2,8 polegadas e mantêm o teclado qwerty, característico da companhia, com processador de 1,2 GHz. O aparelho será vendido com chip NFC que permitirá o acesso a sistemas de pagamento com celular, disseram executivos durante a conferência anual BlackBerry World, em Orlando, na Flórida.

A companhia canadense também lançou um aplicativo de videochat para o tablet PlayBook, e anunciou a aquisição da Ubitexx, empresa que fabrica sistemas de controle para aparelhos.

Para explorar os recursos reforçados de segurança do BlackBerry, a empresa anunciou que oferecerá hospedagem de dados para aparelhos Apple e Android em seus servidores BlackBerry Enterprise.