Compra da Warner Music por US$3 bi pode sair nesta semana--fonte

segunda-feira, 2 de maio de 2011 15:45 BRT
 

Por Yinka Adegoke

NOVA YORK (Reuters) - As ofertas finais para a aquisição da Warner Music devem ser definidas nesta segunda-feira e a empresa pode ser vendida ainda nesta semana em um acordo avaliado em mais de 3 bilhões de dólares, de acordo com uma fonte familiar com o assunto.

A terceira rodada de ofertas está sendo liderada por dois grupos financeiros concorrentes, o Len Blavatnik's Access Industry e uma oferta conjunta do Tom and Alec Gores' Platinum Equity e do Gores Group, conforme duas fontes.

O processo de aquisição da Warner Music ocorre em um cenário de queda nas vendas da empresa, enquanto executivos tentam pensar em novos modelos de negócio para garantir o futuro da indústria musical. Embora a Warner Music continue a gerar níveis razoáveis de lucro em seus balanços, ainda é vista como um investimento arriscado em um mercado acirrado.

Duas semanas atrás, a segunda rodada de ofertas totalizou cerca de 3 bilhões de dólares, segundo três pessoas que pediram para não serem identificadas.

Ofertas com o mesmo valor de duas grandes empresas do setor ficaram abaixo do que a diretoria da companhia esperava de compradores estratégicos na segunda rodada, mas ainda há chance de que empresas concorrentes se envolvam nas negociações em um estágio mais adiantado para adquirir alguns dos ativos da Warner.

Apesar da última rodada de ofertas estar programada para esta semana, não é certo que se chegue a um acordo, afirmou a primeira fonte.

Todas as partes envolvidas se recusaram a comentar o assunto.

A diretoria da Warner Music colocou a empresa à venda em janeiro, quando contratou o Goldman Sachs e o AGM Partners para avaliarem possíveis compradores. Desde então, as ações da Warner saltaram quase 60 por cento, para 7,47 dólares no fim da semana passada.