Presidente do Conselho da Nokia deixará o cargo em 2012

terça-feira, 3 de maio de 2011 15:33 BRT
 

Por Tarmo Virki

HELSINKI (Reuters) - A Nokia, maior fabricante de celulares em volume do mundo, começou a buscar um novo presidente do conselho para suceder Jorma Ollila, que deixará o cargo no ano que vem, afirmou o executivo nesta terça-feira.

Ollila conduziu a transformação da Nokia de um conglomerado produtor de botas de borracha e TVs para uma gigante dos celulares na década de 1990, mas a empresa finlandesa, recentemente, teve mau êxito no mercado de smartphones, perdendo para empresas mas novas no setor como a Apple e o Google.

"Foi um ano difícil e prevejo que o próximo também seja duro", disse Ollila durante o encontro anual de acionistas.

"Por um longo tempo ele fez um belo trabalho na Nokia, mas então cometeu alguns erros que custaram uma fortuna aos acionistas", afirmou John Strand, fundador e chefe da Danish Strand Consult.

"Sob o comando de Ollila, a Nokia foi lenta no desenvolvimento de smartphones, não agiu na luta com a Apple e o Google e foi mal sucedida no mercado dos Estados Unidos", disse Strand.

Ollila entrou para a Nokia em 1985, foi presidente-executivo entre 1992 e 2006 e desde então tem sido presidente do conselho da empresa. Ele também preside o conselho da Royal Dutch Shell.